Álcool e motociclismo

A cultura do "beber", está enraizado na sociedade, principalmente entre jovens, que querem assumir uma postura mais adulta, ostentando copos e garrafas nas mãos. São mais sensuais, bem sucedidos, mais legais, imitando o "porco marketing" das empresas que vendem e fabricam bebidas alcóolicas. Ostentam a "bebedeira" como um desafio, como um marco.
Mulheres semi-nuas, símbolos sexuais masculinos, pupulam nos comerciais, incentivando a prática da ingestão de bebida.
As sedes, ou pontos de encontro de motociclistas, geralmente são bares temáticos ou não, e uma visita a um destes pontos de encontro, ver-se-ão muitos motociclistas bebendo. Nos restaurantes repete-se a mesma história, e creio que aproximadamente 80% dos motociclistas, bebem nos encontros e viagens em grupo. Claro, o problema não é beber, e sim beber e depois pilotar suas motos ou carros.
É impressionante a dependência da presença de bebidas alcóolicas para que haja um "bom" (bom?!?) convívio social.
Como em outro post eu escreví, ser motociclista requer, ou melhor, exige maturidade. Quem a tem, tudo bem, quem não a tem, arque com as consequências. Mas teria que arcar sozinho com as consequências, e infelizmente não é isso o que ocorre.
A presença da bebida no meio motociclístico é um grave problema, e necessita de atenção e reflexão dos motociclistas.
Eu iria publicar este, com imagens, de comerciais de bebidas, e imagens ligadas a pseudo ajuda de pessoas que bebem, a aquelas que não bebem. Mas refletí, e acredito que não vale a pena, porque mesmo irônico, a divulgaçào de tais imagens em nada acrescentariam.
Beijos pros de beijo e abraços pros de abraço!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ouro Preto - MG

Rota 66 - EUA - "Diário de viagem"

Parque Sabina - Santo André/SP

Parque Ecológico Vale Verde - Betim / MG

Quero ser motociclista...

Brasileiro!!!!!

Boi Caprichoso Campeão de Parintins 2017