Postagens

Finalidades da mediunidade...

Imagem
O Espiritismo e a Umbanda existem para desenvolver médiuns?, por Jefferson Viscardi Resposta de Jefferson Viscardi* a um pedido de esclarecimento.
Buscador: Eu quero desenvolver minha mediunidade porque eu sei que tenho a capacidade de aprender mais e mais com as entidades e também porque Padilha e Tranca Ruas já me ajudaram muito e eu quero em troca ajudar as pessoas. Quero mostrar que a Umbanda é bonita e o terreiro é humilde. Quero colocar as pessoas no caminho certo! O que devo fazer?
Jefferson Viscardi:Há tanto que eu gostaria de falar a esse respeito, mas acredito que não é o momento. Nossos sentimentos ainda estão muito destreinados para olhar a realidade sem as cores, odores e sons fabulosos que nossa mente faz crer existirem ao ego. Se o fizesse, correria o risco de ativar gatilhos condicionados que em troca me valeriam mais indisposição de quem lê do que amizade. E essa deixaria de ser uma comunicação harmoniosa. Nossa sociedade vive entoxicada de egoísmo, indivi…

Mãe Oxum, Mãe de Jesus...

Imagem

Desabafo ácido de verdades em tom humorístico... sobre algumas igrejas evangélicas.

Imagem
Desabafo bem ácido, mas cheio de propriedade e verdades... Vale muito a pena assistir!!!

Vídeo da NASA - Sol

Imagem

Boi Caprichoso Campeão de Parintins 2017

Imagem
O Festival de Parintins é considerado uma das maiores festas regionais do país e ocorre na cidade de Parintins - Ilha Tupinambarana - a 420 quilômetros de Manaus. Os festejos, comparados aos grandes carnavais do Brasil, são realizados no último fim de semana de junho desde 1965 e atraem milhares de visitantes. Durante o festival é apresentada a rivalidade entre dois grupos que encenam nas ruas o folclore do boi-bumbá, variação do bumba-meu-boi dos estados do nordeste. Boi Garantido, de cor vermelha, e Boi Caprichoso, de cor azul, representam lendas folclóricas que contam a história de Catirina, que durante a gravidez tem desejo de comer língua de boi, e de seu marido Nego Francisco, que após matar o boi do patrão para satisfazer o anseio de sua esposa, o ressuscita com a ajuda de um pajé. Estes personagens do folclore brasileiro são homenageados a cada ano através de toadas, cantigas que refletem as peculiaridades regionais, e de grandiosos desfiles com alegorias de 40 metros de compr…

Brasileiro!!!!!

Imagem
- Internacionalização da Amazônia -

Durante debate ocorrido no mês de Novembro/2000, em uma Universidade, nos Estados Unidos, o ex-governador do Distrito Federal, Cristovam Buarque (PT), foi questionado sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia. O jovem introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um humanista e não de um brasileiro. Segundo Cristovam, foi a primeira vez que um debatedor determinou a ótica humanista como o ponto de partida para a sua resposta:

"De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso. Como humanista, sentindo e risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de tudo o mais que tem importância para a Humanidade. Se a Amazônia, sob uma ótica humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do…

História

Imagem
História 
"As oferendas deixadas nas encruzilhadas era uma forma de os negros alimentarem seus irmãos escravos que estavam fugindo dos feitores. Eles escolhiam lugares estratégicos por onde escravos fugitivos passariam e colocavam comida pesada; carne, frango e farofa porque sabiam da fome e dos vários dias sem comer desses indivíduos e deixavam também uma boa cachaça pra aliviar as dores do corpo e dar-lhes algum prazer na luta cotidiana. As velas eram postas em volta dos alimentos pra que animais não se aproximassem e consumissem o que estava reservado para o irmão em fuga e aí surge o que todos conhecem como macumba.  O rito permanece sendo realizado pelas religiões afro como forma de agradecimento e pedidos aos seus ancestrais e em homenagem a seus santos. A cultura branca e eurocêntrica foi quem desvirtuou a prática, para causar medo, terror e abominação e reforçar os preconceitos e discriminações contra os negros. Não tenho religião e não pratico nenhum culto mas gosto de s…