Umbanda não é religião???...

... Difícil será fazer compreender o título da postagem. Umbanda não é religião???. O ponto cantado diz: "A Umbanda é o caminho..., celestial divino..., que ao nosso Pai conduz"
Neste trecho, resume-se Umbanda, sua essência, seu objetivo: Conduzir ao Pai Zambi (Deus) seus filhos, ampara-los nesta caminhada, incentiva-los a conhecer e como proceder nas diversas experiências  que a vida pode oferecer, baseando-se  na vontade e verdade de Oxalá (Jesus Cristo), sua doutrina e exemplo.
Nos terreiros de Umbanda, são recebidos todos filhos de Zambi, independente de participarem deste ou daquele credo, desta ou daquela religião. Não cabe à Umbanda, e nem desta prerrogativa se faz usufruir, do julgamento de qualquer escolha religiosa.
É uma casa aberta sem olhar a quem, aos que sofrem , aos que necessitam de apoio, a aqueles que buscam melhorar a si mesmos, e consequentemente em menor ou maior grau, influenciar o mundo a sua volta. É nos terreiros de Umbanda, onde os trabalhadores do plano espiritual e os trabalhadores na matéria, aprendem, compreendem e colocam em prática o amor incondicional.
No solo abençoado e protegido, vivenciam-se lágrimas de dor transformarem-se em luz e esperança,  em resignação e auto conhecimento. Deseja-se e incentiva-se novos recomeços, esperançosos em finais com mais luz, paz e realização.
Não importa a quem, quantas vezes serão necessárias, repreende-se o erro, mas ama-se quem o praticou.
Não são retirados da caminhada, os obstáculos que cada um de nós construiu, no usufruto do livre arbítrio, mas segundo o merecimento, a caminhada poderá se tornar mais suave, suportável, equilibrada e harmoniosa, mesmo dentro de experiências difíceis.
Caminhar nem sempre é fácil, mas com apoio amoroso e fiel aos desígnios de Oxalá, fica muito mais brando e seguro este caminhar.
A Umbanda serve, não deseja ser servida. Vem abraçar a humanidade plural, com respeito, exaltando a dignidade do ser humano e incentivando-o à sua reformulação interior.
Mãos benfeitoras de todos os matizes, estendem-se na seara de Zambi, Bandas e mais Bandas de espíritos, unem-se na semeadura do amor incondicional. Todos aprendem, todos evoluem, nada na Umbanda é estático, há vida, e da melhor que possa ser vivida.
Caminhando os passos de Jesus, nosso Pai Orixá Oxalá!
O Globo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hino da Umbanda

Sim à vida, não ao aborto

O que falta na Umbanda...

Umbanda é para poucos...

Rota 66 - EUA - "Diário de viagem"

Por que?

Parque Sabina - Santo André/SP

Ouro Preto - MG

Archaeopteryx...

Piracicaba - SP