Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Como?

Como competir com a futilidade, com o despropósito que não carrega nem sombra da realidade? Como enobrecer corações acrisolados no cego andar, tateando com dedos insensíveis e teimosamente despreparados nas trevas?
Com a verdade.